Carta ao professor dedicado

guguguug[1]

Todos nós, professores, sabemos como é importante ter formações ao longo da carreira.

Quando comecei a lecionar, eu fazia cursos praticamente toda semana. Na época, eu lecionava inglês e a área oferece também diversos cursos, em sua maioria, com estratégias de aprendizagem.

O ensino de inglês tinha um enfoque diferente na aprendizagem. Não utilizava as mesmas estratégias que aprendemos em nossas escolas, o que acabou me incentivando a buscar caminhos diferentes, mais tarde, para a educação.

Ao me tornar professora polivalente, sempre procurei usar tudo o que eu pude dos cursos que participei. Mesmo mudando de tipo de aula, continuei desbravando novos horizontes ao me dedicar aos cursos que apareciam.

Para ser bem sincera, acabava me decepcionando com alguns, nesse período. Cheguei a ir em palestras de escritores famosos da área educacional, mas nem sempre eu concordava com alguns.

Certa vez, fui a uma palestra de um “educador” e escritor ultra mega famoso – o qual prefiro não citar o nome – e enquanto ele palestrava sobre o tema sugerido, fazia inúmeras piadas de mal gosto sobre a vida do professor. Me senti realmente ofendida e, para minha surpresa, muitos professores davam risada das piadas sobre algo que eles faziam em suas vidas.

Talvez tenha sido esse o momento em que me senti incomodada, realmente, com a situação do país na área da educação. Pode ter sido também o momento em que decidi que deveria fazer algo diferente, de alguma forma.

Comecei com um blog tímido, que logo me mostrou que o Brasil tinha esperança e encontrei um público que também se importava com a educação.

Prometi este ano algumas mudanças e abro, este ano, um novo espaço para continuar minha jornada por uma educação melhor!

Além de oferecer atividades que vão de encontro às necessidades do aluno do século XXI e atendem aos objetivos dos professores, abro espaço para dar palestras, cursos ou workshops em escolas.

Já o fazia, porém mais localmente. No final do ano passado comecei com a primeira mais longe, dando fechamento ao PNAIC em um município mais distante, com o tema “A diferença entre sequência e projeto didático”. Fiz uma palestra com o maior grau de interatividade que consegui e também trouxe à palestra elementos importantes para ampliar os horizontes educacionais, traçando um paralelo entre o pensamento tecnológico e o plano didático.

O tema foi escolhido pelo grupo docente e, se você deseja uma palestra ou um workshop, pode usar o tema que mencionei ou qualquer outro. O importante é a aprendizagem e a ampliação dos horizontes, além da grande vontade de realmente fazer a diferença com seu trabalho.

Caso tenha interesse, garanto que tenho muitas estratégias para lhe revelar e estarei empenhada em lhe oferecer uma nova visão sobre o que faz.

Para entrar em contato, escreva para contato@janainaspolidorio.com e farei o possível para poder lhe atender.

Logo mais, mostrarei algumas outras novidades, mas por enquanto, continuemos nossa jornada com esta. Espero te ver em breve!

Até lá,

Janaina Spolidorio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *