COMPORTAMENTOS INADEQUADOS – Como falar com os pais?

COMPORTAMENTO INADEQUADO.BANNER.fw

Quando o aluno tem um comportamento inadequado, muitas vezes é difícil conversar com os responsáveis sobre o assunto.

Já tive variadas situações em que tive que conversar com os pais, desde as mais usuais, como quando o aluno NUNCA termina a lição, até as mais inusitadas quando tive uma aluna de seis anos que teimava em ter comportamentos inadequados, do tipo sensuais com os meninos.

A escola é um ambiente que requer certo comportamento e cuidamos ao máximo para que tudo fique bem, mas quando é necessário chamar os responsáveis, precisamos ter alguns cuidados. Veja a seguir:

 

COMPORTAMENTO FAIXA 1.fw (1)

Um erro comum cometido nessas situações é ficar tenso ou ficar formal ou ainda ficar extremamente sério ao falar com os responsáveis.

Esse tipo de comportamento causa uma barreira instantânea entre os responsáveis e o professor, antes mesmo que o assunto principal seja tratado.

Procure ser amigável, ter uma conversa leve antes de começar o assunto mais delicado.

 

COMPORTAMENTO FAIXA 2.fw (1)

O propósito de sua reunião com os pais é, na verdade, informar. Se o comportamento foi inapropriado, somente informar o fato já causará o efeito desejado. Mantenha pensamentos, opiniões e conselhos para você mesmo. Compartilhar pensamentos e opiniões próprias não ajuda. Se, no entanto, os pais ou responsáveis pedirem sua opinião, dê de maneira profissional, sugerindo como resolver o problema. Sempre pense antes em algumas possibilidades. Dar possibilidades mantém o profissionalismo pedagógico.

Ao informar, atenha-se ao fato que ocorreu e o levou a chamar os responsáveis. Não deixe de mencionar nada, mas também não adicione informações. Diga somente o que você sabe ser verdade, deixando rumores e fofocas que ocorreram na ocasião de lado.

 

COMPORTAMENTO FAIXA 3.fw

Um engano comum que muitos professores fazem é ter uma atitude do tipo “o que você vai fazer a respeito?” quando falam com os pais. É quase como se esperassem que os pais estivessem certos e pudessem garantir que não acontecerá novamente. Tente não tratar desta forma o assunto.

Um dos princípios de estudos sobre gerenciamento de sala de aula é nunca tomar para si os comportamentos inapropriados. Esse fato de que o comportamento é do aluno e os pais devem ser informados é o correto, quando não resolvido em sala de aula.

Use, inclusive, recursos próprios ao reportar, do tipo “Este comportamento tem afetado a aprendizagem dele”. Seja direto e objetivo! A verdade e objetividade sempre são úteis e influências perfeitas para usar com os pais.

Depois de explicar o fato que trouxe o comportamento inapropriado, conte para os pais como a escola ou você ( o professor ) estão lidando com o problema. Deixe claras as regras escolares e de que forma o aluno as violou. Deixe claro que vocês estão fazendo sua parte para resolver o problema.

 

COMPORTAMENTO FAIXA 4.fw

Essas são dicas que certamente ajudam bastante quando tratamos de assuntos desagradáveis com os pais, mas, como tudo, o professor deve conversar e usar as dicas com atitude de confiança.

Quando seguimos protocolos, não há o que temer na conversa com os pais. Certamente será uma conversa que não gerará reclamações ou insatisfação. Pelo contrário, a intenção é gerar uma boa impressão e o compromisso de fazer algo pela criança e auxiliar a escola com o aluno.

Espero que tenha gostado do artigo! Até a próxima!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *