Essa tal de WEBQUEST…

Durante o tempo em que trabalhei na PREFEITURA, usávamos até bastante no laboratório de informática e é um bom recurso para ter um trabalho estruturado tanto nas aulas de informática, quanto na própria sala de aula, caso tenha a possibilidade de usar data show ou tenha lousa digital.

No caso, como a WEBQUEST é um tipo de material específico deste segmento educacional, mais para a tecnologia de aparelhos, tem que ser feita por alguém que se dedica ao tipo de montagem e ao uso dela. No caso de minha loja virtual, tenho uma colaboradora MARAVILHOSA, que está comigo há algum tempo, e é responsável por fazer “ESSA TAL DE WEBQUEST”.

Nome simpático para uma postagem certo? Pois é, na verdade aproveitei a dúvida de algumas clientes, que perguntavam “o que é essa tal de WEBQUEST?” para esta postagem. Há pouco tempo recebi dúvida de uma delas e encaminhei para a expert no assunto: Cristiane Campos. A dúvida era como usar.

Até aqui, o texto foi escrito por mim, mas logo abaixo, você vai ver a SUPER explicação da Cris sobre as WEBQUESTS, portanto mérito da Cris! Espero que possa tirar suas dúvidas!

Webquest

 

Como os alunos dessas turmas ainda não possuem a autonomia necessária para trabalharem com a webquest em grupo, no computador, as aulas são projetadas utilizando um Data Show.

A partir daí o professor deve fazer a  leitura de cada slide, colocando os pequenos em contato com a aula e Webquest - Curioso mundo dos insetosexplicando palavras e tópicos que eles desconheçam (por exemplo: o que é “introdução”). É importante que se acostumem com os termos da WEBQUEST!

Se houver vídeo no slide INTRODUÇÃO, basta clicar no link e assistir com eles. Ao chegar ao slide RECURSOS, faça a pesquisa juntamente com eles, lendo o texto para a turma e sempre chamando a atenção para as informações que considere mais importantes. Você pode optar por não ler todos os textos na íntegra, apenas as informações que não se repetem.

Finalizada a pesquisa, distribua o material sugerido na WEBQUEST para que eles desenvolvam a TAREFA FINAL. Após a conclusão da TAREFA FINAL , leia a AVALIAÇÃO com eles e leve-os a refletir sobre o próprio desempenho.

Todo esse processo não será feito em apenas uma aula. Considerando que a aula tem duração de 50 minutos, veja abaixo uma sugestão de roteiro:

1ª aula: Converse com a turma sobre o novo tipo de aula (pode falar que se chama webquest), projete no Data Show e faça a leitura até o slide RECURSOS. Ou seja, a pesquisa será feita nessa aula, mas você poderá dar continuidade na aula seguinte caso não consiga concluí-la;

webquest.ex.22ª aula: Retome a aula anterior conversando com as crianças. Pergunte: “O que vamos fazer agora?” Retome a leitura da webquest até o final, destacando para os alunos que eles serão avaliados. Distribua o material necessário para a realização da TAREFA FINAL e auxilie-os sempre que julgar necessário;

3ª aula: Se todos os alunos já concluíram a confecção do produto sugerido na TAREFA FINAL, faça a autoavaliação com a leitura do slide AVALIAÇÃO, também coletivamente, com a webquest projetada no Data Show;

4ª aula: Prepare o material para ser exposto à comunidade escolar, com o seu acabamento. Você pode também optar por realizar esse trabalho sem a ajuda das crianças. (Exemplo: Na webquest Mistérios do Fundo do Mar os alunos confeccionam um fantoche lindinho! Optei por confeccionar um cartaz no qual todos os fantoches da turma foram colados).

webquest

 

Utilize as webquests com alunos de 3º ano de acordo com o desempenho de cada turma.

Em alguns casos (normalmente após o recesso escolar) os alunos já conseguem ler toda a aula e compreender a proposta de trabalho, ou seja, a pesquisa a ser realizada e a produção da TAREFA FINAL. Nesse caso, é possível colocar o arquivo da aula para cada computador do laboratório de informática, com um pen drive (peça auxílio do técnico de informática da sua escola, se tiver um). Fica legal deixar essas aulas na Área de Trabalho para que os alunos aprendam a acessá-las sozinhos.

Depois de abertas as aulas em todos os computadores, peça que os alunos leiam todos os slides e APENAS esclareça as dúvidas que apresentarem no desenvolvimento de todo o processo. Diga que deverão solicitar o material necessário para a realização da TAREFA FINAL quando chegarem nessa etapa da atividade.

Após tudo concluído, faça a leitura do slide AVALIAÇÃO coletivamente, projetando a aula no Data Show e levando-os a refletir sobre o próprio desempenho.

DICA: Após abrir a webquest no Power Point clique na tecla F5 para entrar no modo APRESENTAÇÃO.

webquest

 

Como os alunos dessas turmas já leem fluentemente e possuem a autonomia necessária para desenvolverem a webquest em grupos, passe o arquivo da WEBQUEST para todos os computadores do Laboratório de Informática, oriento-os a abri-la  e peça que façam a leitura até o final. Após esse primeiro momento, diga que deverão retomar a leitura desde o início e já iniciarem a pesquisa no slide RECURSOS.

Webquest Hipertexto    Interfira o mínimo possível, não dê as respostas solicitadas pelos alunos. Alguns podem não querer ler os textos ou assistir aos vídeos até o final e te pedirão respostas. Não ajude dessa forma, incentive-os a buscar esse conhecimento. Se preferir, peça para realizarem a pesquisa em duplas e depois se juntarem em grupos maiores, conforme orientado no slide PROCESSO.

Os alunos dessas turmas costumam  solicitar o material para fazerem a TAREFA FINAL assim que chegam nessa etapa, mas oriente-os caso fiquem um pouco “perdidos” ou não tenham essa iniciativa.

O desenvolvimento da TAREFA FINAL também é algo que os alunos deverão fazer sem o auxílio do professor. Acredite, eles conseguem! Atenção: É comum os alunos quererem ir direito à realização da TAREFA FINAL e não fazerem a pesquisa como deveriam. Caso isso aconteça, não chame a atenção, espere que cheguem à TAREFA FINAL. Como não vão conseguir realizá-la, pedirão sua ajuda. Nesse momento, oriente-os a realizarem a pesquisa novamente até compreenderem “como se faz”. A pesquisa deverá ser realizada quantas vezes forem necessárias.

Bem, espero que tenham gostado das dicas da Cris e que tenham compreendido melhor como fazer um bom uso das WEBQUESTS! Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *