Estratégias da DIVISÃO

Matemática é algo que temos que estudar, gostemos ou não. O importante, no meu ponto de vista, é entender. Quando entendemos algo fica muito mais fácil estudar sobre ou mesmo vir a gostar.

Tenho uma tendência muito grande para a linguagem. Nem por isso posso dizer que ODEIO matemática. Na verdade, sempre fui bem tanto em linguagem quanto em matemática, mas minha queda é pela linguagem. Não posso dizer que AMO matemática tampouco, mas para mim, ela é ok. Gosto até bem da parte de lógica.

Tudo isso, para falar sobre a importância de o aluno compreender de modo fácil a DIVISÃO. Dividir está tem várias situações do dia-a-dia. Estimular desde cedo o conceito, antes mesmo de ensinar a divisão, é essencial para que o aluno tenha facilidade e até venha a gostar e curtir resolver operações e problemas desse tipo.

No INFANTIL é muito possível já estimular, com probleminhas de conceito. Não estou falando para usar número e tudo o mais. É o conceito mesmo! É ele que o aluno irá usar, mais tarde, para aprender o procedimento padrão da divisão. Se o professor do infantil não usa, fica uma lacuna nessa parte, para o aluno, o que dificulta a aprendizagem.

Conceito da Divisão

Com o conceito bem desenvolvido, mais tarde fica mais fácil – e natural – aprender divisão. Uma boa pedida, é ensinar estratégias da divisão. Elas são, na verdade, maneiras diferentes de resolver uma mesma operação matemática. A divisão pode ser resolvida por meio de esquema gráfico, malhas matemáticas, contagem regressiva, associação e outros modos menos conhecidos.

Se o aluno tem contato com várias estratégias diferentes, garante que compreenda bem do que se trata e ajuda muito a expandir seu conhecimento e até a memorizar algumas divisões mais fáceis.

Claro que não estou falando – ainda – de divisões mais longas e complicadas. As estratégias são ótimas para quando o aluno começa mesmo a aprender sobre, no segundo ou terceiro ano do fundamental 1.

divisao.2

Uma outra forma ( ou estratégia ) que garante a boa aprendizagem, ainda na fase em que a divisão é feita por um algarismo, é utilizar brincadeiras e jogos de divisão.

Durante os jogos, os alunos conseguem aprender naturalmente a operação matemática. O importante mesmo, nesse caso, é o estímulo que os jogos e brincadeiras dão enquanto o aluno aprende. O lúdico garante que a memória faça sua parte para aprender como funciona a divisão! No final da brincadeira, uma coisa importante é ter sempre uma folha para registrar as operações usadas na brincadeira. Ajuda muito a refletir sobre o que foi feito e estruturar a divisão.

divisao.3

E se as divisões são mais complexas? Bem, para isso é legal ensinar o método curto e o longo da divisão. Nessa fase, os alunos já estão mais preparados – ou deveriam estar, pelo menos – e saber as partes convencionais da operação se faz necessário.

Ensine sempre os dois métodos. A princípio, eu exigiria a resolução das duas formas sempre. Com o tempo, quando estivesse bem aprendido, o aluno já poderia escolher qual prefere.

divisao.4

Espero que tenha gostado das dicas e que possa usar estratégias variadas da divisão em sua aula! Até a próxima!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *