É hora de criar e aprender com o SCRATCH

A postagem de hoje é diferenciada e tem tudo a ver com o STEM! Já falei dele na postagem anterior, lembra? A sigla STEM engloba ciências ( Science ), tecnologia ( Technology ), engenharia ( Engineering ) e matemática ( Math ) e não é porque tem toda essa…”pompa”…rsrsr… que é difícil ou até mesmo custoso tê-lo em sala de aula.

O STEM envolve o coder ( tudo ligado à programação ) e o maker ( tudo ligado à criação ) e você pode usar sim salas chiquetosas, cheias de aparelhagem, como também pode usar simplesmente cacarecos que coloca em seu armário, em uma caixa especialmente criada para STEM, como palitos diversos, pedaços de papel cartão bem grosso, clipes, balinhas de gelatina ( sim, são super ultra mega úteis em STEM! ) coisas simples mesmo!

Hoje vamos tratar aqui um pouco do CODER do STEM, mas em laboratório. Tenho muitos seguidores que passam no laboratório de informática e acabam dando “joguinho”, o que é até legal, mas por que não aproveitar para usar algo gratuito e bacana, que estimule a aprendizagem de modo mais direcionado e que seja fácil de utilizar?

Quem escreve hoje, a seguir, não sou eu, Janaina Spolidorio. A matéria de hoje, a partir de então, fica a cargo da nossa especialista em laboratório de informática, que escreveu este artigo especialmente para falar um pouco sobre  a experiência com o SCRATCH, uma ferramenta gratuita e super fácil e útil para nós, professores!

Com vocês… o artigo da Cristiane Campos, sobre SCRATCH!

Cada dia que passo em sala de aula como professora de Informática Educacional é um dia em que aprendo com as crianças e cresço profissionalmente. Percebo que sei muito pouco e que realmente não detenho o saber do qual meus alunos necessitam e pelo qual tanto anseiam. Mais que isso: tenho a certeza do quanto esses pequenos aprendizes são capazes.

É no laboratório de informática que os alunos se mostram mais criativos e que demonstram o domínio de habilidades trabalhadas na sala de aula, como a leitura, a escrita, a interpretação de textos e o raciocínio lógico. Tomei conhecimento do trabalho com o Scratch por meio de outro educador tendo uma rede social como facilitadora. Logo elaborei uma webquest com o tema e lancei o desafio aos meus alunos que cursam o 5º ano do Ensino Regular.

Eu acredito que não basta que nós, educadores, saibamos ou não lidar com determinada ferramenta, pois o resultado que virá dos alunos será sempre diferente e quase sempre melhor. E com o Scratch não foi diferente. Com as orientações obtidas apenas pela webquest e sem nenhuma intervenção minha os alunos exploraram o software, dominaram os recursos apresentados nos vídeos e descobriram outros em apenas 25 minutos de aula.

Toda a turma conseguiu fazer a tarefa proposta, fiquei muito feliz com o resultado e as animações serão postadas no blog que criamos no ano passado, como faço com a maioria das atividades que desenvolvemos. noticiasdaescolacecilia.blogspot.com

Optei pela webquest para apresentar o Scrath para meus alunos, porque sempre obtenho ótimos resultados com essa metodologia. O Scratch é um programa de programação de fácil compreensão destinado a crianças. Foi criado Pelo Instituo Tecnológico de Massachussets e pelo grupo Kids da Universidade da Califórnia.

Com pouquíssimos conhecimentos de informática é possível criar diferentes tipos de animações utilizando desenhos, cores, letras, movimentos e sons. Mais que isso, o Scratch é mais uma ferramenta pela qual temos a oportunidade de complementar o trabalho desenvolvido na sala de aula regular em diferentes disciplinas. O tema proposto é o que sempre promoverá a construção de conhecimentos específicos. E, pensando que brincam, as crianças brincam de aprender.

Paralelamente à criação da tarefa proposta os educandos desenvolvem a leitura, a atenção, a interpretação de textos e vídeos – uma vez que precisam compreender o que deve ser realizado – e o raciocínio lógico por precisarem dominar as ferramentas oferecidas pela informática.

O Scratch é um software gratuito que pode ser utilizado on-line ou off-line (nesse caso, o professor terá que baixar nos computadores dos quais os alunos fazem uso). A interatividade é o que chama a atenção dos alunos de imediato e, juntamente com a proposta de divulgação daquilo que irão criar garante o sucesso da aula.

É dessa forma que a sala de aula se transforma em um verdadeiro laboratório, os alunos buscam superar suas dificuldades e trabalham de forma cooperativa, já que ninguém quer ficar de fora.

Confira as webquests sobre o tema na loja WWW.janainaspolidorio.com.br e garanta você também o sucesso das suas aulas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *